Mais de 80 % dos Para-raio são irregulares!

Resultado de imagem para raio predioNa maioria dos Sistemas de Para-raio, principalmente de edifícios são irregulares expondo a riso o patrimônio e pessoas.

Já ouvimos falar de várias lendas sobre raios em geral, como de que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar, de que espelhos atraem raios, um para-raio no topo de um prédio protege as casas e edificações ao lado, entre outras. Muitas dessas lendas nos levam a acreditar que medidas simples podem nos proteger contra os danos causados por descargas atmosféricas. Entretanto, a maior preocupação é quando achamos que estamos protegidos por um sistema de para-raio, mas na maioria dos casos o sistema é ineficiente ou irregular, se agravando mais por ser aprovado por um “laudo emitido por um profissional” sem atribuição para tal atividade!

Não se tem uma estatística precisa atribuída a um órgão competente para informar o quantitativo de prédios irregulares, porém, estima-se que 70 a 85% dos prédios estão totalmente desprotegidos e com o sistema irregular, mesmo com a apresentação de um “laudo”.

Conforme resolução N º 218 de Julho de 1973 do CONFEA (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia), não é função de técnico em elétrica, nem mesmo tecnólogo elétrica, vistoria, perícia, avaliações, arbitramento, laudo e parecer técnico, uma vez que essa função é única e exclusiva de um Engenheiro Eletricista.

Infelizmente, em atividades profissionais, verificamos que na maioria dos edifícios as inspeções são realizadas por “profissionais” que emitem uma ART (Anotação de responsabilidade técnica) junto ao CREA referente à execução de Para-raio para realizar o serviço de inspeção/e vistoria, entregando um laudo de inspeção que não tem validade alguma, quando em grande parte dos casos o local possui uma série de irregularidades. Nesses casos é informado ao sindico que o sistema de para-ráio está em conformidade e seguro, expondo a risco o patrimônio, pessoas e também o próprio sindico que pode responder por negligência. É valido pontuar que em caso de prejuízos causados por descargas atmosféricas em uma edificação com um laudo irregular, a seguradora deste edifício pode se isentar de cobrir os danos.

Para tomar conhecimento do quão grave é essa prática, somente no brasil caem mais de 100 milhões de raio por ano, isso significa 11,74 raios / Km2, colocando em informações mais objetivas, 1 km² possui a dimensão de 10 quarteirões aproximadamente isso significa que podem cair em média mais de 10 raios nessa área por ano. Este número pode ser ainda maior em regiões onde a densidade de descargas possui valores elevados.

Resultado de imagem para DPS clamperOutro ponto essencial e pouco citado é que hoje não temos somente o para raio externo, mas também o para raio interno. O Para raio externo tem por finalidade somente proteger a edificação, logo os equipamentos elétricos/eletrônicos internos (Ex: Máquinas, Geladeiras, PABX, Telefones,
Computadores, Televisores, outros)  não são protegidos por esse sistema, ou seja, em uma descarga atmosférica em uma edificação sem para raio interno implementado, todos equipamentos internos estão passíveis a danos, mesmo que a edificação tenha um para raio externo efetivamente dentro da norma, agravando –se ainda mais se considerarmos que o raio pode vir proveniente de um descarga nas redes da concessionaria de energia ou de telecomunicações.  Acredita-se que boa parte das edificações com mais de 5 anos de construção não possuem esse dispositivo de para raio interno, o DPS – Dispositivo de Proteção com Surto.

O para raio interno deve ser instalado em todos os quadros elétricos, desde a entrada de energia, quadros de medição
x (Relógio da concessionária) assim como nos demais quadros de cada unidade residencial, comercial e industrial. Considerando que é um dispositivo de valor de baixa custo (R$ 60,00 reais cada em média) e fácil instalação, este não é implementado por uma questão de orientação técnica efetiva, ou por desconhecimento das exigências da norma vigente.

Reportagem:

Para-raios em condomínio não evitaram morte de pai e filho por choque

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2015/04/06/interna_cidadesdf,478333/para-raios-em-condominio-nao-evitaram-morte-de-pai-e-filho-por-choque.shtml

Raio motivou desabamento em supermercado de Cubatão

http://www.diariodolitoral.com.br/noticia/raio-motivou-desabamento-em-supermercado-de-cubatao/6444/

Bombeiros confirma que raio foi a causa do incêndio no Edfº Excalibur

http://www.meionorte.com/blogs/efremribeiro/bombeiros-confirmam-que-raio-foi-a-causa-do-incendio-no-excalibur-45077

Raio destroi igreja centenária em Santa Catarina

http://rederecord.r7.com/video/raio-destroi-igreja-centenaria-no-sc-52a92630596f998cfd00d954/

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *